quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças



A Júnia conhece muito bem a minha fama de não reconhecer atores em filmes. Quase sempre quando víamos algum filme a conversa era assim:

— Esse ator (atriz) fez que filme mesmo?!

— Ai, Nádia, esse é aquele ator (atriz) que você ADORA!!

— Ahhh é!! — pensativa — Mas qual o nome mesmo?!

No começo ela até falava o nome, mas depois de alguns anos, ela me lançava aquele olhar fulminante e se recusava a desvendar o mistério e eu passava o resto do filme sem prestar atenção na história, só tentando imaginar em que filme eu tinha visto o bendito(a) ou o nome dele(a)...Geralmente eu não conseguia nenhum dos dois e tinha que esperar os créditos finais pra depois procurar no IMDB e saciar minha curiosidade.

Eu não tenho culpa se só consigo reconhecer as verdadeiras celebridades do cinema...aliás, eu sou uma celebridade segundo o Facebook, já que o próprio não me deixou postar a MINHA foto no MEU perfil, alegando que eu não poderia usar fotos de celebridades como identificação!! É fato, só não sabia q minha fama tinha ido tão longe! hehehe

Pois bem, o problema é que, se eu não reconheço pessoas famosas, imaginem as “comuns” (entre aspas mesmo, porque ninguém é comum, certo?!).

Já entrei em loja e a vendedora veio feliz me atender:

— Oiiiiiii!! Você já foi do CEI, não é?! Lembra de mim?!

E eu tive que lançar meu sorriso mais simpático.

— Não... Desculpa, sou péssima fisionomista!

E a pessoa ainda insiste:

— Ahhh! Mas é porque eu tinha o cabelo assim assado...eu andava com a fulana e a beltrana... lembrou?!

E mais uma vez um sorriso e um aceno de cabeça seguido de um minúsculo e abafadinho:

— não...então, que vestido lindo, quanto é?!

Teve uma vez que a Júnia freqüentava uma igreja diferente de mim e no aniversário dela, marcamos pra ir num rodízio. Ela tinha chamado um pessoal da igreja...

A cena: Eu sentada comendo. Chega um amigo da Júnia da igreja. Ele olha pra mim e vem rindo falando:

— Eu te conheço... lembra de mim?!

Bendita pergunta que deveria ser banida da face da terra!! Eu com a boca toda cheia de pizza, não podia nem lançar meu sorriso simpático, só fiquei olhando com cara de bocó e ele completou:

— Alexandre, a gente estudou junto no IBCEI...a gente voltava de carona junto...

— Ahhhhh!! Alexandre...agora to lembrando!

ONFS!!

Fora os micos de não reconhecer, já entrei no elevador da UFRJ na minha primeira semana de aula, encontrei um carinha que já estava parado lá dentro quando a porta abriu no térreo e pedi:

— Sétimo, por favor!

O carinha nada...achei que eu tinha falado baixo, fui lá e eu mesma apertei o botão...saimos os DOIS no sétimo e só na sala fui descobrir que ele era meu colega de turma!!

ONFS...again!!

Agora, os mais recentes...

No início do ano, eu estava saindo pra almoçar quando um dos seguranças lá do trabalho veio todo sentido reclamar que eu passei por ele no centro da cidade, à noite e não falei com ele!! O caso é que ele trabalhava alguns dias da semana, no portão dos fundos por onde eu só passava na hora do almoço e, além disso, nossa “conversa” se limitava a um “oi, tudo bem?!” e um sorriso (é, eu sou risonha mesmo!), quando eu passava por ele nesse horário.

Agora imaginem minha situação: PROBLEMA EM RECONHECER PESSOAS + PESSOA FORA DO CONTEXTO + NOITE + ASTIGMATISMO = SITUAÇÃO DELICADA NO TRABALHO!

Tudo foi contornado com minha explicação de que sou péssima em fisionomia... contei pra ele a historinha de quando encontrei uma antiga amiga de colégio da Júnia no ônibus, bati altos papos com ela e meses depois, quando ela veio aqui em casa comentei sobre nosso encontro no ônibus e ela disse que não tinha encontrado comigo e muito menos que estudava no colégio cujo uniforme eu disse que ela estava usando! Ou seja, nunca reconheço e quando “reconheço” é a pessoa errada!! Acho que ele ficou satisfeito com a explicação e me perdoou pela antipatia do dia anterior!

Alguns meses atrás, eu estava voltando da faculdade junto com alguns colegas, e na nossa frente iam duas meninas conversando. Uma hora percebi que uma delas olhava pra mim sem parar...e andavam um pouco e ela virava pra trás e olhava de novo... e quem disse que eu lembrava de alguma coisa? Resolvi rir, acenar com a cabeça e pronto, ela sorriu de volta e continuou andando... Assunto encerrado, comentei depois no trabalho, brinquei falando que meu sucesso era tanto que já estava sendo reconhecida nas ruas e o assunto foi esquecido.

Ontem fui a uma papelaria no centro da cidade com a Maria (minha colega de trabalho) e quando entramos veio uma vendedora toda sorridente atender a gente, dar beijinhos e tal, mas ela eu sabia que já tinha trabalhado no Salesiano, só não lembrava em que setor, mas conversei como se eu lembrasse de TUDO!! E ela contou que também estuda lá na faculdade e que já me viu por lá e papo vai, papo vem... ok...fomos embora e hoje de manhã:

— MARIAAAA!!! Foi ela que eu encontrei voltando da faculdade!

Além de descobrir (será?!) minha "fã" misteriosa, também descobri que ela trabalhou numa função diferente da que eu imaginei que fosse... hehehehe

Quem sabe um dia viro uma Miranda Priestly do filme “O diabo veste Prada” e tenho duas assistentes pra me acompanhar e falar discretamente de onde eu conheço cada pessoa...até lá, vou sorrindo e acenando pra todo mundo que me reconhece nas ruas e torcendo pra ninguém me perguntar “Oiiii!! Lembra de mim?!”

25 comentários:

Nádia disse...

Tentei arrumar a formatação do post umas 5 vezes e não deu...sorry!

Morpheu disse...

hehehe morri de rir e ao mesmo tempo sei o que vc passa...

eu tenho o mesmo problema.
Eu ate aviso as pessoas que se me verem na rua e eu nao cumprimentar eu nao vi, nao percebi, ou nao reconheci alem do problema de esquecer as coisas.

agora quanto ao nome dos atores eu ate jah desisti, eu vivo nessa parte que nem a Dori do procurando nemo: Que legal, ator novo! hehehe

Voce tah mais pra Dori Procurando Nome, vai no IMDB e tal =P

bjs
ONFS

"comenest"

Erika Carlson disse...

Eu, por outro lado, me lembro das pessoas por associação. Atores, amigos, conhecidos, vai tudo assim. Ô Nadia, eu acho que a menina que ficava te olhando e rindo tava era te achando bonitinha hein!!! ONFS!!!

Junia disse...

Que fofo o comentário do David! :*

Aaaah, eu já tenho problema inverso: eu saio na rua, vejo gente DEMAIS, reconheço gente DEMAIS, lembro de nomes DEMAIS! hehehe

A Nádia é mesmo um caso triste... a gente vendo filme, aparece o, sei lá, Nestor Serrano (esse ela DIZ que reconhece), e ela fica "eu conheço esse cara de algum lugar..." Dava vontade de acertar o controle na cabeça dela! =P

Nadinha vc ta com saudade de mim né? Esse post tem váááárias referências à minha doce e meiga pessoa!!!

Te amo!

dedillit

(até o blog ta me zoando pq eu sou dedógrafa ¬¬)

Anne disse...

"faça um comentário onfs"

então vai lá: eu também percebi as várias referências à Junia neste post. Eu nem fico com ciúme!
Mas eu sou igualzinha a Nádia e ainda pior, além de só reconhecer as pessoas dentro do contexto, eu ainda sou péssima pra associar as coisas. Outro dia a Érika colocou no FB "my cousins from germany called." e eu pensei "que legal, eu não sabia que a érika tinha primos na alemanha" só depois de uma meia hora é que fui lembrar que era a Junia!!!

raaffe

Junia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Anne só vc mesmo!


depere

Erika Carlson disse...

E eu ri muito da Anne!

Ô Junia e David, que palavrinhas esquisitinhas são essas que vcs colocam no fim de cada comentário? Tá parecendo coisa do serviço secreto!

Anne disse...

Érika, préstenção, várias pessoas, inclusive essa que vos escreve, coloca essa palavrinha no final do comentário.
É simplesmente a palavra que a gente tem que escrever no quadrinho pro comentário passar.

Bjs e

wheaten!

Debby disse...

Huahuha, já fui meio vítima da desmemória da Nádia. Na semana do casamento da Jú, eu a conheci pessoalmente, pois já éramos amigas de fotolog e posteriormente de orkut. Uma parte do pessoal que viajou comigo até Niterói chegou lá na ksa da Nádia primeiro que eu, aí ela saiu perguntando entre as meninas quem era a Debby oO
Ou seja,ela não associou o meu corpinho lindo ao da foto do perfil do orkut, haha!Ainda bem que a Ju já tinha me alertado sobre esse pequeno pobreminha dela! =p

Beso, esse seu jeito doidinho cativa! ^^

Ps.: Essa da Anne foi a melhor, eihn? Hahaha esqueceu que a Ju morava na Alemanha, tenha dó! =p
Coisa altamente Onfs! u.u'

'Dinalsh'

Debby disse...

Obs.: O jeito que escrevi ali em cima não ficou muito claro quem eu conheci no dia do casamento da Jú oO
Bom, a Junia eu já conhecia pessoalmente, a Nádia que não, ok?
Huahuha!

'enest'

rose disse...

Eu me candidato ao cargo de assistente,por um bom salario ,é claro!!

Liviavaz disse...

Por acaso a Rose é quem eu tô pensando que é?
ONFS!


'myestru' (um maestro particular)

rose disse...

Claro que sou eu Livinha!!
Onfs,onfs pra vc!!

Anne disse...

A Rose não comenta no MEU blog! Onfs!!!!!

sawkiles

Junia disse...

Onfs! É a Rose do Davi?



kupedri

Anne disse...

Não, é a Rose sua tia Losa.

bookekhe

JOW+LARA disse...

VC ERA DO CEI NÃO ERA??? SOU O JONATAS, LEMBRA DE MIM??


HEHEHEHE
BJS..

...OTIMO BLOG.

Junia disse...

Aaaaah, é a LOSA!!!!


Losa, faz favor de ocmentar no meu também! onfs!


'immac' >> propaganda da Apple

rose disse...

Claro Juju!
Onfs com carinho para vc!!

Cris disse...

ONFS, para não passar em branco!

Eline disse...

Que povo mais maluco! Não sei se comento o texto, se comento o que comentam! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Nádia, prima mais figura que vc, nem sei viu...hihihihihihihi...Ainda bem que vc sempre teve contato com a gente, senão íamos correr esse risco kkkkkk.
Se bem que a Anne tá começando a ganhar na figurice, pq essa da Alemanha foi nota 1000 hahaha.

E a Juju confundindo as Roses? huahuahuahua!
Vcs me atropelam aqui, com as doideiras.

Em homenagem aos meus dotes cabeleireirísticos, eis que o blog me manda um: 'stASPA' hahahaha.

FUI!!!!

Anderson Butilheiro disse...

Eu sou tipo a Júnia... Sou o que responde "Quem é esse ator/atriz?" e "De onde te conheço?"... Tenho uma facilidade muito grande pra guardar fisionomias e nomes... Às vezes travo, mas é por ter tanta gente na cabeça!!

Acho engraçado quando gente que conheço não me reconhece e isso acontece com frequencia... Bem que eu sou um cara que mudou muito pouco nos últimos (10 oO) anos... Não sei como não me reconhecem...

E isso acontece direto com alunos e ex-alunos que às vezes encontro na rua, mas parecem não me reconhecer (ou será que me evitam de propósito Oo)!!

De qualquer forma, se eu não o reconhecer na rua algum dia, caro amigo que me lê, me dê mais 5 minutinhos e as coisas voltam pro lugar... ^^

Raquel disse...

Eu ri demais com tuas situações, no minimo, constrangedoras Nadinha...:P
Pelo menos a parte boa é que tu vai ter muita historia pra contar pros teu filhos/netos!
Beijos
Quel(dot)

Kelzi disse...

ai detesto tb qdo ficam faladno no meio do filme hahahah


sputles

Junia disse...

Atualizei o meu blog, agora é a sua vez... Onfs!


'buritcho' --> LOL